Gestão de Crises 

06/04/2020

Enfrentamos um momento crucial para micros, pequenas e médias empresas, em meio ao confinamento, por conta da pandemia do Covid19, muitas empresas estão se adaptando, e suas equipes também, a novos processos e necessidades. Fundamental é manter a calma e efetuar uma gestão de crise efetiva, onde o foco é manter a empresa e as equipes saudáveis. Trazemos algumas sugestões de como lidar com esse importante processo de gestão, a gestão de crises. 

Mantenha a comunicação 

Leve em consideração que sua equipe é formada por seres humanos, nesse momento de instabilidade, muitos estão ansiosos, preocupados e inseguros, é papel da empresa tranquilizá-los, dentro de suas possibilidades. Faça vídeos chamadas, envie comunicados, utilize aplicativos de trocas de mensagens, mas não perca ou diminua o contato. 


Seja positivo 

Quanto mais positivos conseguirmos ser, mais tranquilidade conseguimos passar as pessoas. Todos assistem televisão ou tem acesso as notícias ruins através das internet. Não cabe a empresa ser mais uma fonte de tragédias. Que tal compartilhar com sua equipe sua visão de que toda crise traz milhares de oportunidades? Comentar com eles as notícias boas, dos países que já estão superando toda essa dificuldade. Precisamos nutrir esperanças de um futuro melhor e não as inseguranças de todos. 


Más notícias de uma vez só 

Reúna o máximo possível das informações difíceis de dar a equipe, monte uma pauta de reunião, estude a melhor forma de falar, e faça uma única intervenção, se possível. Não avise cortes de equipe na segunda e atraso de salários na terça, o colaborador não vai ter se recuperado ainda da primeira notícia e já terá que lidar com a segunda. As pessoas precisam de um tempo para uma curva de processamento de informações, lidar com as possibilidade e trabalhar na retomada de sua auto confiança e motivação. Da mesma forma, não omita detalhes das situações, seja transparente e não abale a credibilidade de sua empresa. Se a notícia for atraso nos salários, por exemplo, comunique com pelo menos três dias de antecedência, assim o colaborador poderá se organizar e não ser surpreendido no dia do pagamento. 


Nomeie porta voz 

Escolha alguém de sua equipe, de cargo de confiança e o coloque com a responsabilidade de passar as informações aos colaboradores, essa pessoa não deve ser o diretor da empresa, o ideal é alguém do relacionamento ou comunicação. Os gerentes, supervisores e coordenadores, são responsáveis pela tarefa de motivar e manter a equipe firme e unida, mantenha eles focados nisso, a mesma pessoa que levanta o time, não deve ser a porta voz de problemas maiores, em um momento de crise. Dessa forma a imagem do gestor se mantém intacta para poder cobrar e acompanhar o time, sem gerar possíveis indisposições. 


Seja o exemplo

Mantenha-se positivo, motivado e organizado com as tarefas. Esteja disponível para a equipe e atento aos resultados. 


Tenha empatia 

Cuide das emoções e sentimentos das pessoas que integram sua equipe, quando possível chame para conversas individuais, pergunte como eles se sentem e se coloque a disposição para ajudar no que for possível. É preciso estar atento, existe a possibilidade de as pessoas desenvolverem crises de ansiedade e fiquem deprimidas, diante a situação de imprevisibilidade.